Roteiro da Coesão Territorial passa pelo Distrito de Évora

 

No dia 29 de Março, o Secretário-geral da Juventude Socialista, Ivan Gonçalves, deslocou-se ao distrito de Évora, tendo visitado os concelhos de Montemor-o-Novo e Portel na companhia do Presidente da Federação de Évora da JS, David Serrachino, e de outros militantes e dirigentes desta estrutura.

A comitiva começou por reunir com o candidato do Partido Socialista a Montemor-o-Novo nas últimas eleições autárquicas, Olímpio Galvão, com quem visitou vários locais votados ao abandono, como o centro empresarial do município, demonstrativos de como o atual executivo camarário tem esquecido grande parte desta cidade.

Após esta visita, os jovens socialistas rumaram à vila de Portel para visitarem «A Bolota», pavilhão temático de valorização e promoção do montado. Este espaço, que no passado foi um matadouro municipal, é agora um novo equipamento turístico-cultural que proporciona a descoberta e interpretação da paisagem e dos recursos locais com uma experiência sensorial através dos cinco sentidos. Aí, os militantes e dirigentes socialistas reuniram com Rui Caeiro, Presidente da Concelhia de Portel do Partido Socialista, onde puderam ficar a conhecer mais do trabalho que o PS tem feito para o desenvolvimento do concelho.

Leia Mais

Roteiro Distrital

A Federação de Évora da Juventude Socialista promoveu, no mês de Março, um Roteiro Distrital, com diversas reuniões com as concelhias da JS e do PS, que visaram aproximar realidades e dar apoio ao trabalho que os presidentes de concelhia têm vindo a desenvolver.

Este Roteiro Distrital traduziu-se no ponto de partida para uma relação estável e concertada entre as estruturas socialistas do nosso distrito. Nos locais onde as concelhias da JS estavam extintas, conciliamos esforços com o PS local de forma a realizar a sua reativação: Onde o PS precisa de ajuda autárquica e manutenção da sua estrutura, a JS estará presente para apoiar.

O Roteiro Distrital passou pelos municípios de Estremoz, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Évora, Alandroal, Viana do Alentejo, Vendas Novas, Montemor-o-Novo e Portel.

Leia Mais

David Serrachino é o novo Presidente da Federação de Évora da JS

Decorreu no passado dia 16 de Dezembro, em Redondo, o XII Congresso da Federação de Évora da JS. A moção “Juntos pelo Alentejo”, cujo primeiro subscritor foi o camarada David Serrachino, foi votada por unanimidade, tal como foram as listas apresentadas aos órgãos da Federação para o mandato de 2017/19.

O camarada David Serrachino é assim eleito para o seu primeiro mandato à frente da Federação de Évora da Juventude Socialista, tendo sido também eleito, o camarada João Rocha como Presidente da Comissão Política da Federação.

David Serrachino elegeu como prioridades o emprego, o aumento do rendimento, a educação e o combate à precariedade laboral.

“É com os olhos colocados nestes últimos anos de trabalho e desenvolvimento que consideramos que estão reunidas todas as condições para dar mais um passo em frente, investindo e concentrando a maioria dos nossos esforços para a consolidação de um Governo de Esquerda”, afirmou na sessão de encerramento do congresso.

No Congresso da Federação foi também enaltecido todo o trabalho do agora Ex-Presidente da Federação, João Romão, que se despediu das lides à frente da Federação de Évora, depois de 3 mandatos na sua liderança.

Foi ainda eleita militante honorária, a camarada Rita Paias, que se despede a breve trecho da Juventude Socialista por atingir o limite máximo de idade da estrutura.

Leia Mais

Roteiro da Interioridade da JS visita o distrito de Évora

O Distrito de Évora recebeu nos passados dias 1 e 2 de abril a visita do Roteiro da Interioridade da Juventude Socialista, depois de uma breve visita em março, em que o Sec. Geral da JS jantou com o presidente da Associação Académica da Universidade de Évora na cantina do Colégio Verney.

Com o objectivo de visitar as áreas do território português mais marcadas pelo envelhecimento da população e pela desertificação do território, o Roteiro apresenta-se com o objectivo de lutar contra qualquer assunção de uma condição de inferioridade destes territórios.

Para a Juventude Socialista, o interior do país deve ser alvo de políticas de investimento por parte do Estado, por forma a potenciar o seu melhor contributo para o desenvolvimento do país. Temáticas como o emprego, a mobilidade, a agricultura e o empreendedorismo estão em evidência durante as semanas do roteiro, numa política de proximidade, dando seguimento à linha de acção que tem marcado a intervenção política da JS que, nos últimos anos tem promovido iniciativas idênticas, com roteiros no âmbito das consequências da austeridade, do ensino superior e do trabalho e precariedade.

Dia 1 de abril

A visita do Roteiro da Interioridade ao nosso distrito começou dia 1 de abril à tarde em Alcáçovas, no concelho de Viana do Alentejo onde nos focámos na temática da Saúde no interior. Apesar de ser dia 1 de abril, nada do que vimos foi mentira ou fruto de uma brincadeira. Uma única médica assegurava o funcionamento do posto de saúde, numa freguesia com mais de 2.000 habitantes, ao mesmo tempo que geria o agrupamento do concelho (2 extensões de saúde e 1 centro de saúde. Uma situação insustentável que mostra claramente a posição do governo não só quanto à saúde dos portugueses mas também quanto ao interior.

Vista do Grande Lago do Alqueva
Vista do Grande Lago do Alqueva

Depois desta visita nas Alcáçovas, o Roteiro da Interioridade rumou ao concelho vizinho de Portel, mais concretamente à marina da Amieira onde se embarcou numa viagem de barco pelo grande lago do Alqueva. Acompanhados pelo jovem presidente da Junta de Freguesia de Vera Cruz, Rui Caeiro, discutiu-se sobre todo o potencial do Alqueva não só para a agricultura e indústria Alentejana mas também para o turismo, área onde cada vez mais privados têm vindo a surgir depois de recentes investimentos das câmaras da zona do Grande Lago (Reguengos de Monsaraz, Portel, Mourão). Mas ainda há muito trabalho a fazer nesta grande obra e isso ficou claro quando se falou sobre o regadio do Alqueva que está longe de cobrir toda a área planeada. Depois de um curto passeio sobre o paredão da barragem deu-se por terminado o primeiro dia do Roteiro da Interioridade em Évora.


Dia 2 de abril 1

Visita à pedreira da Plácido José Simões, S.A.
Visita à pedreira da Plácido José Simões, S.A.

No segundo dia, o Roteiro da Interioridade rumou ao concelho de Borba. A visita começou às 10h30 com uma visita à pedreira da empresa Plácido José Simões, S.A.. Aqui, observando-se de perto o gigantesco tamanho das pedreiras de mármore a céu aberto, discutiu-se sobre a constante quebra de emprego neste sector de actividade, sobre o encerramento de diversas pedreiras na região, ou a venda a entidades estrangeiras (que contratam mão de obra mais barata) e os problemas ambientais que advêm deste tipo de exploração, quando feita sem responsabilidade ambiental.

Visita  à Adega de Borba
Visita à Adega de Borba

A visita terminou por volta das 13h, depois de uma visita à Adega de Borba, onde se pôde fazer uma prova de vinhos e azeites. A Adega de Borba, sendo uma cooperativa que junta quase 300 agricultores, é um excelente exemplo de um investimento privado de sucesso numa área pela qual o Alentejo é bastante reconhecido não só em Portugal mas por todo o mundo – a vitivinicultura.

1 Texto parcialmente retirado do Jornal Voz da Juventude – Edição de abril 2015, da JS Borba

Foto de Grupo
Foto de Grupo
Da Esquerda para a direita: Dina Letras (Borba); João Romão (Fed.Évora); Miguel Ferreira (NESUÉ); Ana Furtado (Borba); David Serrachino (Borba); João Torres (Sec. Geral JS); Diogo Estudante (Évora)

Leia Mais